Que manga é essa?

Por Flávia Ponte Bandeira S. Costa*

 

O DataBar como elemento fundamental para identificação de produtos hortícolas.

Como diz um famoso artista brasileiro: “Moro! Num País Tropical, Abençoado por Deus e bonito por natureza”. Uma terra que, por suas características climáticas e geográficas, possui um solo fértil,  produtor de grande variedade de frutas, legumes e verduras.
No Brasil existem diversas variedades de mangas, maçãs e laranjas, diferindo no tamanho, cor e forma. Imagine identificar cada uma delas! Manga Haden ou Tommy?
 A comercialização desses produtos nos supermercados tem ganhado cada vez mais importância, seguindo a tendência mundial em busca de melhor qualidade de vida, diretamente ligada a alimentação mais equilibrada e saudável. As áreas dedicadas a esse conceito estão crescendo e necessitam formas claras de identificação dos produtos, tanto para controle interno como para os consumidores. Maçã gala ou Fuji?
 Para solucionar o problema, a GS1 anunciou ao mundo a adoção da simbologia DataBar (antes chamado RSS – Reduced Space Symbology ou simbologia de espaço reduzido). Isto significa que qualquer item comercial poderá ser identificado com o código. Bem menor do que os atuais códigos de barras, o DataBar pode carregar muito mais informações.  Além da identificação do produto, permite a codificação de itens muito pequenos e informações adicionais, como data de validade e lote. Estas informações em conjunto possibilitam às empresas acesso a informações de rastreablidade, garantindo, assim, gerenciamento muito mais eficiente e de melhor qualidade. Laranja lima ou pêra?
 Os produtos de FLV (frutas, legumes e verduras) atualmente têm um gerenciamento complicado justamente pela falta de identificação e de espaço para um código de barras maior. O DataBar facilitará a automação desse tipo de produto, melhorando a precisão e a velocidade de acesso a informações sobre produção e proveniência dos alimentos. Também indica ao operador de caixa qual a variedade de determinada fruta, reduzindo erros no ponto de venda e, conseqüentemente, as perdas financeiras causadas por eles. Distintas variedades de uma fruta podem ter diferenças de até 50% no seu valor de venda!
 Eficiência, controle, confiabilidade! Alguns dos inúmeros benefícios da utilização do Databar. Afinal, pode parecer fácil diferenciar banana nanica, da prata ou ouro, mas muitos ainda podem se confundir!
Para mais informações sobre o DataBar, consulte: www.gs1brasil.org.br.  

*Flávia Ponte Bandeira S. Costa é assessora de Soluções de Negócios da GS1 Brasil.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: